Termo em inglês que significa estrondo. A denominação é usada para designar uma forte queda nas bolsas de valores. A palavra ficou conhecida após a quebra da Bolsa de Valores de Nova York, em 24/10/1929.