Adquirir conhecimento sobre finanças pessoais é algo fundamental – e bem mais agradável de se fazer quando a forma de ensino é lúdica. Por isso, listamos alguns jogos para divertir (e ensinar) noções de educação financeira para a toda a família.

Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 61 milhões de brasileiros – o que corresponde a 36% da população economicamente ativa, de 169,1 milhões – terminaram 2019 inadimplentes. . Se você faz parte dessa estatística ou conhece alguém nessa situação, compartilhe as nossas sugestões:

Bons Negócios

O jogo aborda assuntos como investimento e negociações e traz ao universo das crianças e jovens a rotina de negócios e de como se manter em uma empresa. Além disso, desenvolve as habilidades necessárias a um empreendedor atuante como a tomada de decisão com base em prioridades pré-estabelecidas , e mostra a importância de se manter um planejamento financeiro realista para o alcance dos objetivos.

Banco Imobiliário / Monopoly

Um dos jogos de tabuleiro mais famosos do mundo, o Banco Imobiliário é uma ótima ferramenta para entender como funciona o dinheiro, ao mesmo tempo em que ensina a todos a importância de poupar e controlar investimentos com a compra de propriedades.

Aqui, as noções de negociação são um pouco mais complexas e questões como localização do imóvel alteram o valor que o jogador vai ganhar. Pode parecer um simples lance de sorte, mas o jogo envolve estratégia e ajuda a integrar toda a família.

Jogo da Vida

Similar ao Banco Imobiliário, o Jogo da Vida ensina a importância de estar prevenido para os diferentes acontecimentos, sejam eles altos ou baixos. Em cada etapa, são apresentadas situações da vida real, como escolher uma profissão, casar, comprar uma casa ou ter filhos.

No final, apesar de requerer um pouco de sorte, ganha adotou as melhores estratégias para acumular dinheiro.

Jogo da Mesada

Este jogo é indicado para crianças a partir de seis anos e envolve situações recorrentes do dia a dia, como pagamentos de contas, empréstimos e a realização de investimentos com o valor da mesada. O principal objetivo é conseguir chegar ao fim do mês com a maior quantia possível.

Piquenique

Neste jogo de tabuleiro, os jogadores poderão imaginar um passeio ao ar livre, como por exemplo, um dia no parque. Ao longo das partidas e do andamento, vão surgindo desafios – como pagamento de contas e controle do orçamento – que envolvem responsabilidade nas tomadas de decisões.

 

Gostou das sugestões? Então separe os jogos e convide a família! Todas essas brincadeiras têm como objetivo central incentivar e transmitir o conceito de poupar de maneira natural, especialmente às crianças, ao mesmo tempo em que integra a todos.

Em nossa página do Cultivar você encontra uma infinidade de conteúdos sobre educação financeira, como matérias, testes e palestras. Aproveite todas essas oportunidades oferecidas de forma gratuita e mude de vida!